Passar para o Conteúdo Principal

Pesquisar

Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

São Martinho das Amoreiras

img_jf_sao_martinho_das_amoreiras

São Martinho das AmoreirasPresidente:
Nuno Miguel dos Santos Cunha Duarte 

 

Secretário:
João Pedro Guerreiro Costa Vilhena

Tesoureira:
Maria Luísa Correia da Glória Guerreiro
 
População: 1006 habitantes (INE, Censos 2011)
Área: 144,2 km2 (fonte: DGT)

História

A interioridade de S. Martinho das Amoreiras condiciona a paisagem, marcadamente serrana, onde a floresta e sobretudo o eucalipto são nota dominante. Contudo, para além da produção florestal, a atividade económica da freguesia passa pela agricultura, pecuária, apicultura, olivicultura e extração de cortiça.

Pertenceu ao concelho de Ourique, tendo sido anexada ao concelho de Odemira pelo decreto de 24 de outubro de 1855. Em 1884, a freguesia regressou ao concelho de Ourique.  A 17 de agosto de 1899, São Martinho das Amoreiras passa definitivamente para Odemira.

A linha-férrea que liga o Algarve a Lisboa passa pela freguesia, localizando-se em Amoreiras-Gare a Estação Amoreiras/Odemira.

Nesta freguesia, um passeio recomendado é à Estação Arqueológica do Pardieiro, uma necrópole da Idade do Ferro, localizada perto da estrada que liga São Martinho à Corte Malhão. De registar também a igreja paroquial de São Martinho das Amoreiras, a Capela de S. Bento, na Aldeia das Amoreiras, os aglomerados urbanos, o sítio da vigia (como miradouro), e o percurso da antiga estrada real.

Ano de fundação:

A 17 de agosto de 1899 a freguesia de São Martinho das Amoreiras passa definitivamente a pertencer ao concelho Odemira.

Evolução demográfica

Ano
População
1960 4587
1970 2673
1981 2104
1991 1481
2001 1199

Economia:

A floresta, com os seus produtos e subprodutos é a principal base da atividade económica. Há ainda a destacar os chamados produtos endógenos, o mel e o medronho. A pecuária extensiva merece também destaque especial.

Localidades:

Aldeia das Amoreiras, Amoreiras-Gare, Corte Malhão e São Martinho das Amoreiras

Padroeiro:

São Martinho

Festas, feiras e romarias:

1 de maio – Festas Tradicionais de Amoreiras - Gare
1 fim-de-semana de julho, Festa da Aldeia das Amoreiras
25 de julho – Feira Anual em Amoreiras-Gare
1.º fim-de-semana de setembro - Festas de São Martinho das Amoreiras
25 de setembro – Feira Anual em S. Martinho
2ª quinta-feira de cada mês – Mercado (S. Martinho das Amoreiras)
último sábado de cada mês - Mercado em Amoreiras-Gare
8 de dezembro - Procissão em honra de n.ª Sr.ª da Conceição em Amoreiras-Gare.
Procissão e festas no domingo de ramos em S. Martinho das Amoreiras

Curiosidades:

A freguesia de São Martinho das Amoreiras pertenceu ao concelho de Ourique, tendo sido anexada ao concelho de Odemira pelo decreto de 24 de outubro de 1855. Em 1884, a freguesia regressou ao concelho de Ourique. A 17 de agosto de 1899, São Martinho das Amoreiras passa definitivamente para Odemira.

Património edificado:

Necrópole do Pardieiro: É uma necrópole da Idade do Ferro que se localiza junto da estrada que liga S. Martinho das Amoreiras a Corte Malhão. O achado ocorreu em 1971 tendo sido as escavações dirigidas pelo Dr. Caetano de Mello Beirão e Dr. Virgílio Hipólito Correia.

Igreja Paroquial de S. Martinho das Amoreiras

Capela da Aldeia das Amoreiras

Oratório da Rua do Cemitério (atrás da Igreja)

Contactos

Junta de Freguesia de S. Martinho das Amoreiras

Largo Vale Brique 
7630-536 S. Martinho das Amoreiras 

Tel: 283 925 123 
Fax: 283 925 059

E-mailjfsamoreiras@mail.telepac.pt

Localização

Voltar ao topo